1.Como é que motivamos as nossas equipas no Verão? 2.Como lidar com a desmotivação constante dos meus colaboradores?

É urgente olharmos para as nossas pessoas, é urgente agarrarmos nelas e entendê-las. Vamos a isso? é tempo de Verão 🙂

Já dizia a Janis Joplin, “Summertime, and the living is easy”.

Quase todos os anos falo sobre este tema, mas neste Verão, num período pós pandemia e após reler alguns feedbacks que tenho recebido, as equipas estão desconectadas, cansadas e desencontradas.

Sabemos que este é um período de relaxamento, renovação e paragem para muitas pessoas e no local de trabalho essa baixa de produtividade é notável. Não devemos condenar, devemos sim redirecionar a nossa estratégia de motivação e acompanhamento para outros níveis. 

  • Os nossos dias vão ter de funcionar de forma diferente e as pausas devem ser mais divertidas e interessantes para que se possa iniciar o trabalho com outro espírito. 
  • Um tema que acresce a este é a questão das férias dos colaboradores, tempos de ausência longos. Garanta que cada pessoa tenha uma dupla que consiga realizar o seu trabalho 
  • A gestão das férias, faz com que alguns membros sejam sobrecarregados enquanto substituem outros de férias, por isso mantenha-se próximo, faça pontos de situação durante o dia e ajude.

Esta também pode ser uma boa altura para convidar as pessoas a trocar as suas funções e a experimentar novos conhecimentos, porque isso motiva e distrai o dia-a-dia, tornando-o mais interessante e apelativo.

– Como lidar com a desmotivação constante dos meus colaboradores?

Neste meu blog existem vários artigos que falam sobre este tema, mas existe uma palavra que deves decorar. CONSISTÊNCIA. As pessoas estão sempre desmotivadas e a precisar de algo novo. Sei que é isso que enfrenta diariamente e sei que o tempo para construir estratégias eficazes é escasso.

Para que consiga acompanhar esta montanha russa é necessário fazer um planeamento anual de ações de acompanhamento dos colaboradores, como reuniões mensais com cada pessoa, onde consegue acompanhar individualmente a insatisfação ou futuros desagrados. 

Acompanhando constantemente e criando uma ligação de proximidade faz com que a pessoa se sinta acompanhada. 

Cada ideia que surja destas reuniões, é importante que se esforçe para a realizar, para fazer algo. SEMPRE. 

FAÇA – Neste momento vá buscar a sua agenda/calendário e comece a colocar as reuniões agendadas para o ano inteiro. Coloque um lembrete e de mês a mês comunique estas reuniões. Avise que o irá fazer, coloque as pessoas à vontade nesse sentido. Motive a que as mesmas tragam a resposta a uma pergunta que faça, por exemplo “daqui a 3 meses gostava que a empresa fizesse o quê por mim?”. 

0

Adriana Silva

Sou a Adriana Silva.

Sou Licenciada em Relações Humanas e Comunicação Organizacional e Mestre em Marketing Relacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *