Como gerir Pessoas de Alta Performance

Por vezes acreditamos que gerir pessoas desmotivadas e com baixo desempenho é o maior desafio nas organizações. Ideia errada. Tudo isso são desafios, mas pode acreditar que gerir pessoas de Alta Performance e estar constantemente alinhado com as suas expectativas, perspetivas e ambições é um desafio cada vez maior para os líderes de hoje.

Não só por existirem muitas soluções no mercado, as pessoas mudam rapidamente por se sentirem desvalorizadas e com falta de atenção, mas sobretudo porque é difícil acompanhar o ritmo destes profissionais, que devem ser acompanhados de forma próxima, com grande atenção e detalhe.

Li recentemente um livro interessante sobre este tema. E de facto, achei interessante compreender primeiro como é um profissional de Alta Performance, o que ele procura e como vive o seu dia-a-dia. Esta é uma análise fundamental porque só conseguimos gerir alguém assim quando compreendemos a sua ambição de verdade, aquilo que o move. 

Nos Hábitos de Alta Performance, percebi que este perfil procura clareza, energia e a promoção constante de necessidade, numa vertente pessoal. A nível social procura aumentar a produtividade, desenvolver influência e demonstrar coragem. Estas exigências, fazem com que o indivíduo procure conhecer-se muito bem e que seja muito focado na melhoria das suas capacidades e no desenvolvimento pessoal.

Ora, alguém com esta exigência pessoal e interpessoal, exige uma atenção muito próxima, porque estes indivíduos procuram organizações que apostem no seu potencial e que de alguma forma retribuam a sua evolução  e os seus resultados.

Para quem gere estes perfis saiba que quem tem Alta performance: 

  • Adora desafios – gosta de ser estimulado e de ter responsabilidades diferentes.
  • Precisa de sentir confiança do lado da entidade, é um perfil que não gosta de ser controlado, porque já mostra resultados naturalmente e o controlo acaba por significar “desconfiança” da sua produtividade. Nesta situação, faça um ponto de situação regular com o mesmo, assim não o controla, mas o indivíduo ao explicar o que está a fazer dá-lhe feedback direto da sua evolução.
  • É uma pessoa que cuida da sua aparência e da sua forma de estar. 
  • São admirados, mas por vezes invejados por colegas de equipa, pela sua performance constante, porque os colegas desconhecem o trabalho e a determinação. Nesta situação convém deixar claro quais os objetivos da empresa e fazer entender a equipa que todas as pessoas são diferentes e têm métodos diferentes. Reúna em conjunto e em separado. Em conjunto para que percebam que são uma equipa e que estão juntos, em separado para adaptar as necessidades de cada membro, que são diferentes do membro de alta performance. 
  • Estes elementos adoram o que fazem, tem paixão pelo seu trabalho. Estimule esse facto, envolva-o.

Estas são algumas dicas que eu vos dou para que compreendam que de facto todas as pessoas são diferentes e importantes numa organização. Os perfis de alta performance existem e devem ser colocados no plano de ações do Gestor de Pessoas, porque por vezes acreditamos que como atingem resultados, são auto suficientes e independentes, que não precisam de apoio, de ser ouvidos e lhe dar feedback. Na verdade, a falta de atenção e foco pode fazer com que estes indivíduos não se sintam valorizados e importantes na organização.

Os perfis de alta performance existem e devem ser colocados no plano de ações do Gestor de Pessoas, porque por vezes acreditamos que como atingem resultados, são auto suficientes e independentes, que não precisam de apoio, de ser ouvidos e lhe dar feedback.

Acima de tudo, estes indivíduos são relacionais e tem uma forte vertente emotiva, portanto ignorá-los ou não prestar atenção tem as mesmas desvantagens de ignorar qualquer outro elemento da organização. 

Uma dica muito importante, não os perca

Clique AQUI para ver o livro

Boa semana 🙂 

0

Adriana Silva

Sou a Adriana Silva.

Sou Licenciada em Relações Humanas e Comunicação Organizacional e Mestre em Marketing Relacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *