Como se constrói uma mudança na Organização

Vivendo tempos conturbados ou não, as empresas precisam de mudar e evoluir. Por vezes optam por mudar de software, de instalações, de formas de trabalhar e tudo isso acarreta uma mudança de mentalidade, uma adaptação generalizada e uma forma de pensar e de estar diferente.

Nem sempre é fácil gerir mudanças. Existem sempre os resilientes, os que têm medo de mudar, os que acham que qualquer mudança, por trazer desconforto, é má. Existem os duvidosos, que acreditam que o que se pretende mudar não é suficiente bom e não está suficientemente bem planeado. 

  • Como se gerem estas expectativas e com se mudam mentalidades num processo de mudança? 

Eu acredito que tudo se resolve e que se tudo for bem planeado e comunicado, será bem aceite e bem interpretado. 

Dicas Práticas:

  1. Informar todos os Agentes da Mudança sobre o que se pretende fazer. 
  2. Uma mudança deve ser planeada e cronometrada. Deve ser criado um plano de actividades, com todos os intervenientes.
  3. Garantir que aquilo que queremos mudar é útil e vai acrescentar valor à forma de trabalhar de todos as pessoas.
  4. Pensar muito bem o que se quer mudar e qual a estratégia a implementar para esse efeito.
  5. Quando tudo estiver definido, pensar sempre em comunicar a mudança de forma transversal e clara.
  6. Sensibilizar as chefias para a mudança. Se eles entenderem o porquê e reconhecerem a sua importância é o ponto principal para que as suas pessoas entendam o porquê da mudança.
  7. Envolver todas as áreas da empresa, da liderança à produção.

Por vezes o que é mais complicado na implementação de uma mudança é realmente gerir as pessoas que vão ser “afectadas” com a mesma. É necessário haver muito diálogo e envolvimento das pessoas. Toda a gente tem de compreender os benefícios de uma mudança. 

Novas dicas:

  • Crie um cenário da implementação da mudança e explique o que vai mudar com a mesma.
  • Explicar o valor acrescentado da mudança e a diferença do antes e do depois.
  • Permitir que as pessoas dêem uma opinião e contributo sobre possíveis alterações e modificações.
  • Quando se trata de implementar um software ou uma readaptação de funções, é importante realizar um manual onde se explica todos os procedimentos em caso de dúvidas. Algo que pode ser consultado regularmente. 

Após a implementação, é necessário dar algum tempo às equipas para se habituarem à mudança, para se consciencializarem sobre a mesma. E só depois destas 3-4 semanas  deve ser feita uma avaliação conjunta das melhorias e ajustes a serem feitos. 

Se acrescentaria alguma dica nestes passos, deixe o seu feedback e a sua experiência.

Veja outros artigos aqui.

0

Adriana Silva

Sou a Adriana Silva.

Sou Licenciada em Relações Humanas e Comunicação Organizacional e Mestre em Marketing Relacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *